• Áliston Meneses

Três motocicletas roubadas e clonadas são recuperadas no intervalo de uma hora pela PRF na Paraíba



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba recuperou, na tarde do último domingo (18), três motocicletas roubadas e que circulavam adulteradas nos municípios de Sobrado, Caaporã e Esperança.


A primeira ocorrência aconteceu por volta das 15 horas e 30 minutos, em Sobrado, quando os policiais abordaram a motocicleta Honda Pop. Após fiscalização minuciosa, verificaram que havia indícios de adulteração. Através dos sistemas de segurança, constataram que se tratava de uma motocicleta roubada em fevereiro de 2019, na capital paraibana. Um homem de 26 anos, que se identificou como suposto proprietário do carro, informou que adquiriu a moto de um conhecido por R$ 3,5 mil. Porém, não apresentou documentos que comprovassem a negociação.


A segunda ação ocorreu em Caaporã, por volta das 15 horas e 50 minutos, quando a motocicleta Honda CG 125 Fan foi abordada pela equipe policial. Os policiais perceberam indícios de adulteração na motocicleta. Após consultas aos sistemas, constataram tratar de uma moto roubada em janeiro de 2020, na cidade de Goiana, em Pernambuco. O condutor, um homem de 20 anos, informou que adquiriu a motocicleta através de um site de compra e venda de veículos por R$ 3,5 mil.


Já por volta das 16h30 a equipe policial visualizou uma motocicleta Honda XRE 300 em alta velocidade na BR 104, em Esperança. Minutos depois, os policiais encontraram uma moto com características semelhantes estacionada em uma rua próxima à rodovia. Após fiscalização minuciosa, detectaram indícios de adulteração no motor e chassi. Em consultas, verificaram que se tratava de uma motocicleta roubada em maio de 2016, no Rio de Janeiro. Uma mulher de 32 anos se identificou como suposta proprietária e  informou que adquiriu a moto de um conhecido. Ela teria trocado uma motocicleta de sua propriedade pela moto roubada e daria como complementação do negócio cinco parcelas de R$ 500, totalizando o valor de R$ 2,5 mil. Informou que o vendedor só entregaria o recibo de compra e venda após o pagamento integral, o que ainda não tinha ocorrido.


As três pessoas foram detidas, encaminhadas à Polícia Civil e responderão pelo crime de receptação de veículo roubado.



Com ASCOM/PRF

Receba nossas atualizações

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2019 Aconteceu PB — Todos os direitos reservados