• Áliston Meneses

Polícia Federal cumpre seis mandados de prisão contra organização criminosa que falsificava cédulas


A Polícia Federal na Paraíba deflagrou, na manhã desta quarta-feira (04), a Operação FAKE MONEY, com objetivo de desarticular associação criminosa envolvida no tráfico de entorpecentes e comércio ilegal de cédulas falsas.


Estão sendo cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, nas residências dos investigados, nas cidades de Campina Grande e Alagoa Grande, e de seis mandados de prisão.


As ordens foram expedidas pela 1ª Vara de Entorpecentes de Campina Grande/PB.

A operação contou com a participação de 30 Policiais Federais.


ENTENDA O CASO

As investigações se iniciaram no mês de abril de 2019, quando duas pessoas foram indiciadas pelo crime de moeda falsa. Contudo, a investigação demonstrou que a associação criminosa não se limitava ao repasse de  cédulas falsas, mas também ao tráfico de entorpecentes.


CRIMES INVESTIGADOS

Os investigados deverão responder pelos crimes de moeda falsa, tráfico de drogas e associação para o tráfico, cujas penas, somadas, podem ultrapassar 15 anos de reclusão.


NOME DA OPERAÇÃO

O nome da Operação, FAKE MONEY, é uma alusão ao início dos trabalhos investigativos, que tiveram por base o crime de moeda falsa.


Aconteceu PB com ClickPB

Receba nossas atualizações

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2019 Aconteceu PB — Todos os direitos reservados