• Áliston Meneses

Polícia Civil prende em Fortaleza, pai e filho acusados de matar marchante em Cajazeiras


Em uma ação conjunta entre as Policias Civil da Paraíba e Ceará, foram presos na manhã desta terça-feira (18) no Conjunto São Cristovão, Bairro João Guruçu em Fortaleza no estado do Ceará, os dois foragidos da justiça acusados de matar com um tiro de espingarda 12, o marchante Manoel Messias Braga. O crime ocorreu no dia 30 de novembro de 2019 no Açougue Público de Cajazeiras.


Rodolfo Barbosa Nascimento de 21 anos, e seu pai  Francisco Ronaldo Nascimento Batista, conhecido como Toca de Antônio Coró estavam trabalhando no momento e não reagiram a prisão.


De acordo com o agente Washigton da Polícia Civil de Cajazeiras, o local era de difícil acesso e muito perigoso.


“A investigação vinha acontecendo, tínhamos tudo detalhado, mas pra chegar até os acusados precisamos do reforço dos colegas da Polícia Civil. Tudo transcorreu como programamos e levamos a dupla a delegacia. Eles serão recambiados para Cajazeiras e ficaram a disposição da justiça paraibana,” explicou.


Resenha Politika

Receba nossas atualizações

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2019 Aconteceu PB — Todos os direitos reservados