• Áliston Meneses

Negociação entre Estado e policiais termina sem acordo


Policiais e Governo do Estado ainda não firmaram acordo para evitar a ameaça de paralisação das forças de segurança da Paraíba. Nesta sexta-feira (6), policias e representantes do governo participaram de uma audiência de conciliação para tentar um acordo acerca das propostas dos dois lados, no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB).


O secretário de Estado da Segurança e da Defesa Social, Jean Nunes, explicou que, neste momento, o Governo ofereceu a incorporação de 50% da Bolsa Desempenho, em 60 parcelas. Os policiais esperam que haja incorporação de 100% em 36 meses.


A audiência desta sexta foi conduzida pelo desembargador Leandro dos Santos, que é relator do caso, e deverá continuar na segunda-feira (9). Segundo a categoria e a Secretaria de Segurança do Estado, há proximidade de um acordo entre as duas partes e é possível que ele seja firmado na terceira reunião já agendada para as 18h na próxima semana.


Os profissionais da segurança pública da Paraíba ameaçaram parar as atividades, mas uma divisão na categoria e uma decisão liminar da Justiça acabaram atrapalhando os planos de greve. Qualquer movimento de greve ou de paralisação de policias na Paraíba é considerado ilegal.


Aconteceu PB com Portal Correio

Receba nossas atualizações

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2019 Aconteceu PB — Todos os direitos reservados