• Áliston Meneses

Ministro do STF nega pedido de liberdade ao prefeito afastado de Uiraúna


Uma decisão deferida na tarde de ontem (12), pelo ministro do Superior Tribunal Federal (STF), em Brasília, Gilmar Mendes negou o pedido de liberdade do prefeito afastado de Uiraúna, Bosco Fernandes.


No parecer, Gilmar Mendes pediu que exames psiquiátricos comprovem as justificativas alegadas pela defesa do acusado para que se dentro do próprio presídio onde se encontra possa se tratar.


O prefeito Bosco Fernandes (PSDB), foi afastado do cargo após uma operação desencadeada pela polícia federal em dezembro do ano passado. A ‘Operação Pés de Barros’ foi deflagrada para combater desvios de recursos que seriam para construção de uma adutora no município de Uiraúna.


Aconteceu PB com PB Agora

Receba nossas atualizações

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2019 Aconteceu PB — Todos os direitos reservados