• Áliston Meneses

Japão aprova segundo remédio para tratar pacientes com covid-19


O Ministério da Saúde do Japão aprovou, o uso de um segundo remédio para tratar pacientes com covid-19. Trata-se da dexametasona. A droga chamou atenção internacional desde que um estudo no Reino Unido, no mês passado, observou que sua administração reduziu as mortes entre pacientes internados com casos graves.


O estudo feito pela Universidade de Oxford comparou cerca de 2.100 pacientes que foram administrados com a droga por 10 dias com outros 4.300 pacientes que não foram. Os pesquisadores observaram que o remédio reduzia as mortes em um terço entre os pacientes que usavam ventilação mecânica e em um quinto entre os pacientes que receberam apenas oxigênio.


No entanto, a taxa de mortalidade não mudou para os pacientes que não precisavam de suporte respiratório. Isso significa que o medicamento não é eficaz para casos leves da doença, apenas para pacientes gravemente doentes.


A dexametasona passa a fazer parte dos protocolos de tratamento no Japão juntamente com remdevisir, aprovado em maio. O medicamento tem sido usado também nos Estados Unidos, depois de receber aprovação emergencial.


Segundo um estudo americano divulgado na revista científica The New England Journal of Medicine, o remdevisir encurta o tempo de internação de pacientes.


Catraca Livre

Receba nossas atualizações

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2019 Aconteceu PB — Todos os direitos reservados