Homem mais alto do Brasil: paraibano Ninão inicia tratamento para usar prótese



O homem mais alto do Brasil, Joelison Fernandes da Silva, que é mais conhecido como Ninão, irá começar as sessões de fisioterapia, que devem preparar o corpo dele para usar uma prótese na perna direita. O paraibano, que mede 2,37 metros, amputou o membro há pouco mais de um mês, por causa de uma osteomielite – doença infecciosa que atinge os ossos.


As sessões de fisioterapia devem começar a partir desta terça-feira (11). Ninão mora em Assunção, município do Sertão da Paraíba, mas para fazer o tratamento deverá se deslocar para Campina Grande. Ele irá viajar cerca de 100 quilômetros por dia para realizar o tratamento, que devem ser feitos duas vezes por semana.


Contando com o período de preparação para o uso da prótese e o de adaptação, serão necessários pelo menos cinco meses de acompanhamento com fisioterapeutas.


Mesmo com um longo período pela frente, Ninão disse que está “muito ansioso e confiante”, porque vai passar a “ter uma qualidade de vida muito boa”.


A primeira coisa que o paraibano quer fazer quando puder se locomover sem a cadeira de rodas é trabalhar, algo que não era possível desde quando deixou de andar, há quase cinco anos.



Redação com Paraíba Já


Veja mais notícias no Aconteceu PB.