• Áliston Meneses

Governo realiza curso de formação para profissionais que atuarão nos Creas


O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), realiza, desta quarta (29) até sexta-feira (31), curso de formação sobre a Política de Assistência Social e os Serviços da Proteção Social Especial, destinado aos novos profissionais selecionados no último processo, que irão atuar nos Creas Regionais, e tem como objetivo qualificar e alinhar informações com esses profissionais. Este é um dos critérios previsto no edital, exigidos para a contratação. 


O curso foi elaborado e está sendo ministrado por profissionais da Sedh, das equipes da Diretoria do Sistema Único de Assistência Social (DSuas), das Gerências Executivas da Gestão do Trabalho; de Vigilância Socioassistencial e da Proteção Social Especial. As palestras proferidas sobre Violência contra Mulher e o Feminicídio, a cargo da gerente Operacional da Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana, Joyce Conceição Borges, abriram o evento. E também o tema Gênero e Diversidade, que foi abordado pela técnica de referência da Proteção Social Básica da Sedh, Jéssica Juliana Batista da Silva.


O secretário de Estado do Desenvolvimento Humano, Tibério Limeira, em sua saudação de abertura, afirmou que o curso finaliza o processo seletivo para contratação desses técnicos para os 26 Creas Regionais, sendo inclusive uma das etapas do processo. "É muito importante porque será um primeiro contato com as diretrizes da Política Socioassistencial, antes de começar efetivamente o trabalho nas unidades dos Creas. É claro que esses profissionais que foram selecionados já devem ter algum tipo de vivência, mas os módulos que serão desenvolvidos no curso ajudarão aqueles que estão ingressando na política da assistência, principalmente da Média Complexidade, que é o caso dos Creas, quando já existe a violação de direitos, que tratarão com um público mais sensível, um perfil de usuário que precisa de um olhar especial do Estado", afirmou o secretário.


Para a diretora do Sistema Único de Assistência Social (DSuas), Jaciana Magalhães, "a formação é extremamente importante e um requisito essencial para que os profissionais que vão assumir as suas funções nos Creas Regionais tenham melhores condições de executar suas práticas profissionais, uma vez que a formação representa um espaço que objetiva o aprimorado dos conhecimentos e a qualificação do trabalhador, o que consequentemente impacta na oferta também qualificada dos serviços no âmbito da Proteção Social Especial do Suas", afirmou a diretora.


A gerente executiva de Proteção Social Especial, Madalena Dias, ressaltou a importância do momento: "Foi um processo árduo, e hoje se inicia a formação, que tem por objetivo alinhar os conhecimentos de todos os profissionais que começam a compor essas equipes dos Creas Regionais. Isso significa um avanço. Aqueles que já fazem parte dessa trajetória sabem que os avanços se dão a passos lentos, mas cada um deles deve ser comemorado, precisamos comemorar o fato de termos um curso para discutir os conhecimentos sobre a política da Assistência Social, é um avanço".


Já a gerente executiva da Gestão do Trabalho, Jacyelle Santos de Alcantra, lembra que é um curso da Proteção Social de Média e Alta Complexidade, destinado exclusivamente aos cerca de 200 profissionais de referência que atuarão nos 26 Creas Regionais. “E tem como objetivo a qualificação da oferta dos serviços a população paraibana que sofre alguma violação de direito". 


Secom-PB

Receba nossas atualizações

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2019 Aconteceu PB — Todos os direitos reservados