• Áliston Meneses

“Fui infeliz e reconheço que me excedi” diz vereador da PB após ameaças a Bolsonaro


O vereador Ronaldo Pescador (PDT), da cidade de Coremas, teve um áudio onde profere ameaças contra o presidente da República Jair Bolsonaro, vazado. A repercussão vem sendo grande desde essa quinta-feira (20) quando as declarações do parlamentar paraibano começaram a circular nas redes sociais.


Com isso, o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República ligou o alerta, já que o presidente visitará Coremas no próximo dia 3 de setembro.


No áudio da ameaças, Ronaldo declara: “Se você me ver agarrado no paletó de Bolsonaro, não separe. Aquele outro cara, Adélio, não acertou o pulmão dele não. Agora se eu pegar ele com uma faca de 10 polegadas, eu mato até o carona que vai mais ele. Se você me ver agarrado no paletó de Bolsonaro é arrochando a gravata pra ver se eu enforco”.


Já nesta sexta-feira (21), amenizando o tom, o parlamentar diz que se excedeu nas declarações.

“Venho me retratar sobre o áudio com aparentes ofensas a Bolsonaro. Esse áudio se trata de conversa privada aonde um amigo brincou comigo e em tom de ironia eu proferi supostas ofensas a Bolsonaro… Não gosto de violência e venho explicar que fui infeliz, reconheço que me excedi, mas por se tratar de momento político estão distorcendo as coisas para me prejudicar” declarou.





Com PB Agora


Receba nossas atualizações

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2019 Aconteceu PB — Todos os direitos reservados