• Áliston Meneses

Estado elabora plano de ação e amplia em 100% leitos de UTI para tratamento da covid-19 em CG



O aumento na taxa de ocupação no Hospital de Clínicas (HC) de Campina Grande e a possibilidade de uma segunda onda da covid-19 levou a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PB) a elaborar um plano de ação e ampliar a quantidade de leitos para tratamento da doença na unidade.


De acordo com dados da última atualização, dos 15 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) disponíveis no HC, 14 estão sendo utilizados, chegando a 93% de ocupação. Dos leitos de enfermaria, 11 dos 15 leitos também estão com pacientes, o que representa 66% de ocupação.


Segundo o diretor técnico do Hospital de Clínicas, Dr. Jhony Bezerra, o plano de ação da SES está dividido em duas etapas. A primeira prevê um acréscimo de mais 15 leitos de UTI e 25 leitos de enfermaria, atingindo assim 30 leitos na Unidade de Terapia Intensiva e 40 leitos na enfermaria.


“Com esse plano de ação esses leitos podem ser ocupados a qualquer momento, a medida que houver aumento da demanda, não só em Campina Grande, mas como em toda a região, haja vista que o Hospital é referência para todo o interior do estado,” destacou o diretor.


A segunda etapa só será ativada caso o Hospital de Clínicas atinja uma ocupação acima de 85%. Nessa fase, o Hospital de Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes faz uma readequação dos leitos destinados ao tratamento da covid-19, sendo disponibilizados 15 leitos da Unidade de Terapia Intensiva, mais 15 leitos de enfermaria. Além disso, haverá a preparação da equipe com acréscimo de profissionais nas escalas.


Observando o último boletim coronavírus do estado, a Paraíba já registra 143.615 casos confirmados e 717 novos casos foram contabilizados em apenas 24 horas. Em Campina Grande, a taxa de ocupação dos leitos é de 37% UTI adulto e 18%, enfermaria.


Dr Jhony esclareceu que os leitos do Hospital de Clínicas já estão prontos para serem ativados assim que necessário. “Todo o equipamento já está no Hospital de Clínicas, os leitos já estão prontos, nós dispomos de 35 ventiladores mecânicos, então temos uma sobra de cinco ventiladores para suporte, e toda a equipe já está sendo reorganizada, escalas médicas e de todos os profissionais de saúde, para que a qualquer momento a gente possa ir ativando esses leitos, a medida que houver demanda pela Central Estadual de Regulação de Leitos”.





Secom-PB

Receba nossas atualizações

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2019 Aconteceu PB — Todos os direitos reservados