• Áliston Meneses

Elias Maluco morre em presídio federal de Catanduvas, no interior do Paraná


O preso Elias Pereira da Silva, conhecido como Elias Maluco, morreu nesta terça-feira (22) na Penitenciária Federal de Catanduvas, no interior do Paraná. Ele havia sido preso em 2002, apontado como líder da facção criminosa Comando Vermelho.


Preso em 2002 e condenado pela morte do jornalista Tim Lopes, o traficante ficou conhecido pelos métodos bárbaros com que matava pessoas.


A informação foi confirmada pelo Depen (Departamento Penitenciário Nacional), órgão ligado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública.


Por meio de nota, o Depen disse que o local da morte de Elias Maluco foi preservado até a chegada da Polícia Federal, responsável por fazer a perícia.


Ainda na nota, o órgão afirma que a família de Elias já foi comunicada pelo Serviço Social da unidade. Ainda não há informações de como ele morreu. Segundo o Depen, "todas as assistências previstas no normativo são garantidas aos privados de liberdade que se encontram custodiados no Sistema Penitenciário Federal".


Na semana passada, uma ação conjunta do Ministério Público e da Polícia Civil do Rio de Janeiro foram em endereços supostamente ligados ao Elias Maluco durante a operação que investigou crimes de lavagem de dinheiro do Comando Vermelho.



Redação com R7

Receba nossas atualizações

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2019 Aconteceu PB — Todos os direitos reservados