• Áliston Meneses

Doações de sangue caem 64% durante pandemia e coordenadora do Hemocentro apela por doadores



Durante a pandemia de coronavírus, o medo das pessoas em sair de casa tem impacto negativo nos estoques de sangue. Segundo a coordenadora do setor de Estratégias e Ações Especiais do Hemocentro, Elaine Farias, desde o início do isolamento social, as doações tiveram uma queda de mais de 60% no estado e faz um apelo por mais doadores.


De acordo com Elaine, é fundamental que as pessoas saudáveis compareçam à instituição e contribuam para a manutenção dos estoques de sangue. “O melhor é que cada bolsa de sangue pode ajudar até quatro pacientes necessitados. O Hemocentro agrade muito a ação voluntária dos moradores de condomínios”, disse.


Conforme Elaine Farias, as doações gradativamente estão melhorando por causa da campanha das Forças Armadas iniciada na semana passada e por causa dos moradores de condomínios residenciais. Ainda segundo Elaine Farias, o mês de maio já está totalmente agendado para coletas em condomínios.


A coordenadora afirma que os profissionais que realizam o procedimento seguem todas as normas de proteção e prevenção contra o vírus. “Atenta às recomendações do Ministério da Saúde, o Hemocentro intensificou os procedimentos de higienização e prevenção, entre eles: a obrigatoriedade do uso do álcool gel / líquido 70% nas mãos (qualquer doador ou pessoa que entrar)”.

Redação

Receba nossas atualizações

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2019 Aconteceu PB — Todos os direitos reservados