• Áliston Meneses

Decisão da Justiça manda soltar, mas impõe medidas cautelares à Estela Bezerra


A deputada Estela Bezerra (PSB) foi solta, na tarde desta quarta-feira (18), após a Justiça determinar a sua prisão no âmbito da Operação Calvário, nessa terça-feira (17). A decisão foi do desembargador Ricardo Vital.


Na noite de ontem a Assembleia Legislativa se reuniu e, por um placar de 25 a 7, revogou a prisão da parlamentar. Mesmo assim, Estela foi encaminhada para um presídio feminino após audiência de custódia na manhã desta quarta-feira.


Apesar de liberar a deputada, a decisão do magistrado impôs algumas medidas cautelares à parlamentar.


Na decisão, Ricardo Vital proibiu que Estela tenha acesso às repartições do Governo, com exceção daquelas inerentes ao exercício parlamentar. A socialista também foi proibida de manter contato com testemunhas e investigados da operação Calvário. O recolhimento domiciliar da deputada será das 22h até às 06h, quando não estiver em atividade parlamentar.


Estela está proibida de deixar país

O desembargador proibiu ainda Estela de se ausentar do Estado por mais de oito dias, sem autorização judicial. Ela também não poderá sair do país.


Paraiba.com

Receba nossas atualizações

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2019 Aconteceu PB — Todos os direitos reservados