• Áliston Meneses

Criança que admira o trabalho de garis ganha festa de aniversário temática, no sertão da Paraíba


O pequeno André desde os dois aninhos vibra ao ver o carro do lixo e os garis. Com o tempo, o garotinho foi ficando cada vez mais apegado e nas aparições do caminhão da coleta é sempre motivo de alegria e de muita vibração que contagia a família. “Toda noite quando eles passam em nossa rua a festa é grande”, relata Ana Virgínia Neves, mãe de André.


Diante da paixão do pequeno André, a família decidiu fazer o aniversário de três anos de forma temática e os principais convidados foram os próprios garis. A família mora na Rua Bossuet Wanderley, Bairro Brasília, próximo da Praça do Fórum do Trabalho, em Patos, e a festa foi no meio da rua e com poucas pessoas diante da pandemia.


Os garis foram comunicados da paixão do garotinho pela categoria dos trabalhadores da limpeza urbana, mas não esperavam que a surpresa fosse tão marcante e emocionante para todos os presentes. André estava fantasiado de gari e todo o cenário foi característico.


Por volta das 19h00, o caminhão da coleta de lixo e os garis estavam para realizar a coleta como sempre fazem, porém, tiveram que fazer uma pequena pausa no serviço essencial, pois a festa, a família e o aniversariante queriam compartilhar daquele momento emocionante e marcante. Os garis levaram presente para o garotinho e família registrou todos os momentos.


“..André brinca com os garis e os acompanha até irem embora. Ele diz que quando crescer quer ser gari para manter nossa cidade limpa. A partir daí nasceu a ideia de fazer sua festa em homenagem a eles. Ainda mais forte devido a pandemia, em razão do trabalho tão exposto deles, coletando lixo de pessoa que poderiam estar contaminadas. O amor de André floresceu no coração de todos da família… fizemos a festa e nossos convidados principais eram eles: os garis. André os convidou pessoalmente e entregou sacolas com tudo que havia na festa. Eles param e vieram confraternizar com todos no local. Muito emocionante! ”, comentou Ana Virgínia.


Na noite desta sexta-feira, os familiares deram uma demonstração de fraternidade, amor, altruísmo e desapego as aparências que tanto contaminam a sociedade moderna vazia de bons exemplos.



Redação com Patosonline

Leia outras notícias em AconteceuPB.com.br . Curta nossa página no Facebook.