• Áliston Meneses

Covid-19: ao menos 11 países confirmam casos de infecção pela ômicron



Ao menos 11 países já confirmaram casos de infecção pela nova variante de covid-19, a ômicron. Mesmo com a cepa sendo monitorada pelas autoridades de saúde, muitas nações identificaram as contaminações em viajantes procedentes de regiões do sul da África. Os últimos países a comporem o quadro foram Austrália, Dinamarca e Holanda, que informaram a presença dos casos na manhã deste domingo (28.nov).

A linhagem da variante foi relatada pela primeira vez à Organização Mundial da Saúde (OMS) no dia 24 de novembro pelo governo da África do Sul. Após a confirmação da cepa, a OMS emitiu um alerta classificando a ômicron como "variante de preocupação" devido à linhagem do vírus, que apresentou um grande número de mutações. A entidade também reforçou o pedido para que os países aumentassem as precauções.


Até o momento, os casos da ômicron foram relatados em Botsuana (4), África do Sul (77), Hong Kong (1), Israel (1), Bélgica (1), Alemanha (2), Itália (1), Reino Unido (2), Austrália (2), Holanda (13) e Dinamarca (2). Segundo informado pelos governos, a maioria dos infectados são viajantes procedentes de países como África do Sul, Moçambique e Egito. Todos permanecem em isolamento social e estão sendo monitorados por profissionais de saúde.

A confirmação do diagnóstico de covid-19 é realizada por meio de testes moleculares RT-PCR. Após a identificação da doença, os pesquisadores efetuam o sequenciamento genômico, que permite identificar as informações genéticas do vírus e confirmar qual variante está presente na infecção.




Redação com Sbt News


Veja mais notícias no Aconteceu PB.