• Áliston Meneses

Condenados na Lava Jato, Vaccari e Delúbio Soares retiram tornozeleira eletrônica


A Justiça do Paraná autorizou, e os ex-tesoureiros do Partido dos Trabalhadores (PT) João Vaccari Neto e Delúbio Soares retiraram a tornozeleira eletrônica nesta segunda-feira (11). Os dois foram condenados em processos da Operação Lava Jato.


Soares tinha sido preso em maio de 2018, após condenação de seis anos de prisão por lavagem de dinheiro. Na decisão, a juíza Ana Carolina Bartolamei Ramos determinou o fim do monitoramento dele com base na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a prisão em segunda instância.


"No presente caso, restou observado que não há trânsito em julgado da condenação, tal como que esta teve início exclusivamente em virtude da confirmação da sentença condenatória em segundo grau, não existindo qualquer outro fundamento fático para o início do cumprimento da pena", diz trecho.


Vaccari estava no regime semiaberto sendo monitorado por tornozeleira eletrônica desde setembro deste ano. Ele tinha sido preso em abril de 2015, na deflagração da 12ª fase da Lava Jato. A mesma juíza também determinou o fim do monitoramento dele.


G1 Paraná

Receba nossas atualizações

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2019 Aconteceu PB — Todos os direitos reservados