• Áliston Meneses

Com médicos em férias, unidades de saúde de São José de Piranhas, ficam sem atendimento



Quem vai até a unidade, em busca de atendimento, encontra um cartaz colado na porta, que diz: "Estamos sem médico" ou "O médico está de férias".


É o que acontece na UBS Manoel Camilo, localizado no bairro Canaa, em São José de Piranhas. O médico responsável pelos atendimentos no local está de férias e não houve a substituição do posto. O atendimento será retomado no dia 01 de julho, com o retorno do médico.


Enquanto isso, os moradores reclamam da falta de assistência. ”A gente precisa de médico, e não temos médicos”, reclamou uma moradora.


Todo trabalhador tem direito a descansar e tirar um período de férias. Com os médicos que atendem a população nos postos de saúde não é diferente. Todo ano a Secretaria de Saúde elabora um cronograma de férias programadas, mais não garante que nenhuma das UBSs (Unidades Básicas de Saúde) fiquem sem atendimento médico. É o que está acontecendo na cidade.


No UBS Aurelio Cavalcanti de Sousa, localizado no bairro da Varzea, e na UBS Ivan Tavares, localizado no centro da cidade, também não conta com atendimento médico.

“A gente nunca sabe quando vai ter alguma coisa”, relatou outro morador.


Os pacientes buscam consultas nos bairros, mas sem ter médico disponível, recorrem aos serviços de urgência e emergência do Hospital Municipal Dr. Oséas Alves Mangueira, que lotam e tem um perfil de atendimento diferente das UBSs.




Aconteceu PB


Veja mais notícias no Aconteceu PB.

cartão logo.jpg
giphy.gif