• Áliston Meneses

Ciro Gomes sobre Sérgio Moro: “um pilantra que fez da magistratura um palanque”


O pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, analisou a corrida pelo planalto e voltou a criticar a postura de Sérgio Moro (União Brasil) na disputa.


“Eu conheço profundamente. Ele é um pilantra que fez da magistratura um palanque para tirar os direitos políticos de um político e depois virar ministro do outro. Em seguida, querendo trair o outro, vai para a iniciativa privada trabalhar, em qualquer empresa ele podia, menos numa, a multinacional que ganha R$ 70 milhões da massa falida da Odebrecht e da Queiroz, que ele, Moro, quebrou”, criticou.


Ciro Gomes ainda disse que a chamada “terceira via” não existe. Ele ainda aproveitou para criticar o modelo econômico que, segundo ele, tem se repetido seja qual for o governo e sem resultados. “Se a gente persistir nesse modelo, a crise brasileira vai para o limite do fundo do poço. Portanto, não tem terceira via. Ou é esse modelo que está aí ou outro”, alegou.


As declarações de Ciro Gomes foram feitas durante um evento em Santana de Parnaíba, na região metropolitana da capital paulista, ao lado do ex-ministro Aldo Rebelo e do pré-candidato do PDT ao governo de São Paulo, Elvis César.




ClickPB


Veja mais notícias no Aconteceu PB.