• Áliston Meneses

CARGA AVALIADA EM 11 MILHÕES: Avião que matou o filho de Deca carregava 360 kg de cocaína pura

Uma aeronave de pequeno porte caiu e matou o piloto em uma área próxima a Rodovia Geraldo de Barros (SP-304), em São Pedro (SP), neste sábado (14). O caso está sendo registrado na Delegacia de São Pedro, mas a investigação tem o apoio da 2ª Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais). Estima-se que o avião estava carregado com 360kg de cocaína pura. Por volta das 16h de sábado, a droga estava sendo escoltada pela Polícia Civil para a realização de contagem. A droga está avaliada em R$ 11 milhões.




Caso está sendo apurado pela Polícia Civil.

O delegado divisionário da Deic Wilson Lavorenti, acompanhado das equipes da delegacia especializada, esteve no local para dar início às apurações.


“As investigações serão realizadas com o apoio da nossa delegacia. Ainda não sabemos se o piloto seria o proprietário da aeronave ou apenas contratado para fazer o transporte”, afirmou o delegado.


Polícia apreendeu 360kg de droga

Os peritos do IC (Instituto de Criminalística) de Piracicaba também estiveram no local para fazer o levantamento sobre as circunstâncias do ocorrido. Posteriormente, o corpo do piloto, que foi retirado das ferragens foi levado ao IML (Instituto Médico Legal) para a realização de exame necroscópico para tentar confirmar a causa da morte. A Polícia Civil identificou o piloto como sendo o empresário paraibano Marcelo Gonzaga.


“Pela análise prévia do local, não conseguimos identificar combustível nas imediações, possivelmente o avião sofreu uma espécie de pane seca e caiu”, completou Lavorenti.





Redação

sr joana.jpg