• Áliston Meneses

Cadeirante anuncia assalto em bilhete e segura réplica de arma com os pés


Um cadeirante surdo-mudo tentou assaltar uma joalheria na segunda-feira (25) em Canela, no Rio Grande do Sul. O jovem, que não tem o movimento dos braços por conta de uma paralisia cerebral, usou os pés para entregar um bilhete com o aviso de roubo e para apontar uma pistola para o comerciante.


A polícia foi acionada e o jovem foi detido. A arma usada na ação era uma réplica. Segundo o Jornal NH, o comerciante contou que à princípio imaginou que o cadeirante queria doações, um funcionário e o dono da loja chegaram a dar dinheiro para o jovem antes de ele anunciar o assalto.


De acordo com o relato do lojista, o cadeirante esperou os clientes saírem para entregar o bilhete. “Passa tudo. Não chama atenssão (sic)” era a mensagem, com erro ortográfico e caligrafia irregular.


IstoÉ

Receba nossas atualizações

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2019 Aconteceu PB — Todos os direitos reservados