• Áliston Meneses

Brasil já identificou 15 casos da variante Delta do coronavírus

Seis estados notificaram casos, mas não há registro de transmissão comunitária; sintomas são semelhantes aos da gripe

O Ministério da Saúde informou, nesta terça-feira (6.jul), que identificou 15 casos da variante indiana (Delta) no Brasil, sendo seis no navio que esteve na costa do Maranhão, três no Rio de Janeiro, um em Minas Gerais, dois no Paraná, dois em Goiás e um em São Paulo .


Os dados coletados até o momento não demonstram a transmissão comunitária, que acontece quando um paciente infectado que não esteve nos países com registro da doença transmite para outra pessoa, que também não viajou.


No entanto, o Ministério ressalta que as investigações estão em andamento e que tem orientado estados e municípios sobre todas as ações necessárias, como intensificar o sequenciamento genômico das amostras positivas para a covid-19, rastreamento de contatos e isolamento de casos suspeitos e confirmados.


Para a Organização Mundial da Saúde (OMS), a variante Delta é muito mais transmissível que as outras mutações já identificadas e pode se tornar a dominante no mundo nos próximos meses.


Estudos em andamento no Reino Unido apontam que os sintomas mais comuns para essa variante são as dores de cabeça, de garganta, coriza e febre. Há poucos registros de tosse, perda de olfato e paladar, o que pode dar a falsa impressão de se tratar de um simples resfriado.





Redação com Sbt News


Veja mais notícias no Aconteceu PB.

sr joana.jpg