• Áliston Meneses

Bolsonaro quer desobrigar uso da máscara para vacinados e pessoas que já tiveram Covid-19


O presidente Jair Bolsonaro disse em discurso durante evento do Ministério do Turismo que quer desobrigar o uso de máscaras para quem já foi infectado com a Covid-19 e pessoas que foram vacinadas.

"Acabei de conversar com um tal de Queiroga, não sei se vocês sabem quem é, nosso ministro da Saúde. E ele vai ultimar um parecer visando a desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que estejam vacinados ou que já foram contaminados", afirmou ele. O presidente não explica, entretanto, como seria feita a fiscalização de quem está apto a andar sem máscara.

Bolsonaro voltou a criticar as medidas restritivas impostas por governadores e prefeitos e disse que "a quarentena é para quem está infectado".


Pouco tempo após as falas, o ministro da Saúde Marcelo Queiroga comentou a possibilidade de abandonar o uso de máscaras no Brasil.


"Queremos que seja o mais rápido possível, mas precisamos vacinar a população brasileira e avançar", justificou. Depois, ele postou um vídeo dizendo que recebeu pedido do presidente um estudo para flexibilizar o uso de máscaras.

Especialistas discordam da posição do presidente Jair Bolsonaro, que disse ter pedido ao ministro da Saúde para que divulgasse um parecer desobrigando o uso de máscaras para quem já foi contaminado pela Covid-19 ou vacinado contra a doença.



Redação


Veja mais notícias no Aconteceu PB.