• Áliston Meneses

Bebê com pouco mais de um mês de vida morre asfixiado na Paraíba



Um bebê morreu na madrugada desta segunda-feira (11) em Santa Rita, município da Grande João Pessoa. Ele tinha apenas um mês e 16 dias de vida e, segundo o laudo médico, morreu asfixiado. Foram os pais da criança, uma mulher de 24 anos e um homem de 20, que a levaram para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Tibiri, mas ela já chegou ao local sem vida.


Os pais relataram que o bebê estava chorando muito durante a madrugada. Eles, então, decidiram tirá-lo do berço e colocar na cama deles, para que dormisse junto dos pais. Tempos depois, perceberam que a criança estava roxa. Desesperados, levaram à UPA, mas a criança já estava morta.


O corpo foi levado para o Instituto de Polícia Científica (IPC) e lá será periciada, para que se descubra ao certo o que levou o bebê à morte.


O caso é tratado como um acidente, mas a Polícia Civil da Paraíba vai acompanhar o caso.


Esse é o terceiro registro de morte por asfixia de bebê na Grande João Pessoa em três dias. No domingo (10), um bebê de oito meses de idade morreu engasgado no Cristo. A mãe da criança deu uma mamadeira com leite materno para ela e a colocou no berço. Afastou-se por um tempo e na volta percebeu que a criança estava se engasgando. A mãe levou a criança ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, mas ela não resistiu.


O outro caso foi no sábado (9), no bairro do Bessa, com um bebê de nove meses. Ele se engasgou e a mãe não percebeu. Quando se deu conta, a criança já estava morta.


Bebê de oito meses morre após se engasgar com leite materno na Paraíba



Redação com G1/PB


Leia outras notícias em AconteceuPB.com.br . Curta nossa página no Facebook.