• Áliston Meneses

Após tentativa de feminicídio em Campina Grande, vítima diz que perdoa companheiro


Após receber atendimento no hospital de emergência e trauamde Campina Grande, uma adolescente de 15 anos foi liberada para voltar para casa e falou sobre os momentos de terror pelos quais passou, na cidade de Campina Grande, agreste da Paraíba. Ela sofreu uma tentativa de homicídio enquanto estava com um bebê nos braços e o principal suspeito do atentado é o seu companheiro.


Entre as declarações que chamaram a atenção é quando a jovem afirmou que não gostaria que o companheiro fosse preso. Ela disse que o perdoa, mas não quer mais morar com ele. A adolescente pretende voltar para a casa da mãe e exigir a pensão da filha.


De acordo com informações da Polícia, o homem de 35 anos atingiu a adolescente com um golpe de faca. O detalhe é que ela estava com a filha do casal de apenas três meses no colo. Além do ferimento causado pela facada, o homem ainda tentou matar a companheira e a filha por outro meio.


Ainda segundo a polícia, após dar a facada na adolescente, o homem teria trancado todas as portas da casa em que moram e ateado fogo no imóvel. Mesmo ferida, a adolescente começou a gritar pedindo ajuda dos vizinhos, que arrombaram a porta e conseguiram resgatá-las.


O Corpo de Bombeiros foi chamado e conseguiu controlar as chamas. A jovem ferida foi encaminhada para o hospital de emergência e trauma de Campina Grande.


A Polícia Militar também foi acionada, fez buscas na região e conseguiu localizar o suspeito, que estava na casa dos pais. Ele foi preso em flagrante e encaminhado para a Central de Polícia de Campina Grande, onde aguarda audiência de custódia.





Redação com T5


Veja mais notícias no Aconteceu PB.

sr joana.jpg