• Áliston Meneses

Após “noivado”, Regina Duarte toma decisão sobre convite de Bolsonaro

Regina Duarte se manifestou, nesta terça-feira (21), pela primeira vez após o anúncio de que estava “noivando” com o governo de Jair Bolsonaro

Regina Duarte se manifestou, nesta terça-feira (21), pela primeira vez após o anúncio de que estava “noivando” com o governo de Jair Bolsonaro (sem partido).


Em seu perfil no Instagram, a atriz da Globo confirmou que aceitou o convite do presidente. Ela escreveu que precisava do noivado “para correr menos risco de não dar com os burro (sic) n’água” e disse não ter outra escolha a não ser aceitar a proposta de Bolsonaro.


“Eu tinha outra saída?”, questionou a famosa, que ainda agradeceu o apoio recebido desde que o seu nome foi cotado para integrar a Secretaria Especial da Cultura, após a demissão de Roberto Alvim, e afirmou estar “feliz e agradecida”.


“Foi emocionante e muito lindo sentir que se aceitar a batalha tudo bem e se não aceitar, também”, desabafou Regina Duarte.


A atriz ainda completou: “Estou de corpo e alma com esse governo, vocês já sabem, apaixonada como sempre pelo meu país, louca pra contribuir com a produção da alegria e felicidade geral. Me entrego ao que Deus e o Destino reservam pra mim, muito grata pela confiança de todos”.


Numa outra postagem, Duarte falou que o convite “parece um sonho” e que sabe que terá que se “blindar das redes sociais”, onde pode sofrer com os ataques em função do cargo. “Sei (e vocês sabem também ) que posso ter que me afastar, reduzir as postagem… Vou ter muito trabalho pela frente”, garantiu ela.

Salário de Regina Duarte diminuirá muito


Regina Duarte recebeu de Jair Bolsonaro (sem partido) o convite para assumir o comando da Secretaria Especial da Cultura. A atriz verá uma queda enorme em seus rendimentos.


De acordo com o colunista João Batista Jr, da revista Veja, a famosa tem salário fixo de R$ 60 mil – e passa para R$ 120 mil quando está no ar -, na Globo. Já como secretária, ela deve receber pouco menos de R$ 16 mil, salário que Roberto Alvim recebia.


Na emissora de televisão, a atriz tem se sentido deslocada, principalmente por causa dos seus posicionamentos e apoio ao presidente. O político, cabe lembrar, tem na emissora carioca uma grande inimiga.


Além disso, Regina não tem emplacado personagens marcantes em produções recentes. No fim do ano passado, inclusive, o seu nome foi falado como um dos que seriam cortados, mas isso não aconteceu.


RD1

sr joana.jpg