• Áliston Meneses

Após morte de Covas, Ricardo Nunes assume Prefeitura de São Paulo



Após a morte do prefeito eleito Bruno Covas (PSDB), na manhã deste domingo (16), Ricardo Nunes (MDB), que era vice na chapa, assumirá de maneira definitiva o cargo de prefeito de São Paulo. Nunes já respondia como prefeito em exercício desde o dia 2 de maio, quando Covas se licenciou para tratamento de saúde.


A oficialização foi feita por meio de um ato da mesa diretora da Câmara de São Paulo, que se reuniu na manhã deste domingo para extinguir o mandato de Covas.


Em seu primeiro ato à frente da Prefeitura de São Paulo, Nunes decretou luto oficial de sete dias pela morte do tucano.


"A dor toma conta, perder um amigo, um irmão, que é referência de integridade, companheirismo, generosidade, dói muito”, escreveu Nunes em uma rede social.


Em coletiva de imprensa antes da morte de Covas, Nunes ressaltou a importância de continuar cumprindo a agenda de compromissos oficiais. "O que ele [Bruno Covas] sempre nos orientou e cobrou da gente, mesmo quando teve essa última internação, foi que a cidade não parasse, que cuidasse das pessoas. A equipe tem seguido e continuará seguindo as orientações do prefeito", afirmou.



Redação

Veja mais notícias no Aconteceu PB.