• Áliston Meneses

Anvisa suspende venda e uso de teste com saliva para covid-19

Exame não é regularizado pela agência, o que impede a comercialização


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou, nesta segunda-feira (31.jan), o recolhimento do exame "Teste Covid meu DNA PCR-LAMP Autocoleta de Saliva" devido à irregularidades. A medida, que suspende a comercialização, distribuição, fabricação, importação e propaganda do exame, impacta as redes da Drogaria São Paulo, Drogarias Pacheco e Raia Drogasil.


Conforme informado pela agência, o produto não cumpre os "critérios e as condições mínimas de boas práticas farmacêuticas para o controle sanitário do funcionamento, da dispensação e da comercialização de produtos e da prestação de serviços farmacêuticos em farmácias e drogarias". Sem essas aprovações, portanto, o produto não pode ser comercializado.


Na última quarta-feira (26.1), a Anvisa já havia determinado à Drogaria Pague Menos que suspendesse a comercialização e realizasse o recolhimento do "Teste Covid meu DNA PCR-LAMP Autocoleta de Saliva". O exame, de acordo com as autoridades sanitárias, não é um teste rápido, e sim um exame laboratorial com fim diagnóstico.




Redação com Sbt News


Veja mais notícias no Aconteceu PB.

cartão logo.jpg
giphy.gif