• Áliston Meneses

Anvisa facilita o registro de vacinas no país



A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou nota técnica para simplificar o procedimento de análise de dados e registro de vacinas contra a covid-19 no País. A nota reduz exigências para admissão do protocolo dos novos produtos.


Apresentada ontem, a proposta determina que após a inclusão das informações a equipe analisará a documentação em até 20 dias.


O procedimento, chamado de submissão contínua, diz que a análise dos dados referentes aos imunizantes acontecerá na medida em que forem gerados e apresentados à Anvisa os resultados das pesquisas, "visando uma posterior submissão de registro quando do preenchimento dos requerimentos regulatórios necessários".


"A partir da adoção desse procedimento, não será preciso aguardar a disponibilização de todos os dados. (...) Ou seja, conforme os dados forem gerados, estes deverão ser apresentados, de modo que o processo regulatório seja agilizado", informou a agência.





Estadão

sr joana.jpg