• Áliston Meneses

Acusado de matar policial militar em Coremas, é preso em Goiás

Na manhã desta sexta-feira (27), uma ação integrada por parte dos agentes do Grupo Tático Especial (GTE) da Polícia Civil de Sousa e da 22ª Delegacia Distrital de Goiânia, resultou na prisão de Damião Guedes de Oliveira, conhecido como “Naldo Pedreiro”, de 50 anos, acusado de ter assassinado o sargento da Polícia Militar José Gomes da Silva, no dia 23 de julho de 2017.


A prisão teve êxito após uma troca de informações entre os policiais civis de Sousa e Goiânia, onde após realizarem investigações, conseguiram localizar o acusado no setor Vale do Araguaia, em Goiânia. De acordo com informações da polícia, Damião Guedes vivia na localidade sem chamar muito a atenção de moradores e não levantava nenhuma suspeita.


Na época em que o crime foi cometido, em Coremas, o caso gerou uma grande repercussão no Alto Sertão da Paraíba, onde o PM foi assassinado após ter se envolvido em uma confusão no bar, quando Damião Guedes esperou ele sair do local e efetuou cerca de três disparos de arma de fogo.


O acusado foi levado à Delegacia de Polícia Civil, em Goiânia, e após o Poder Judiciário tomar conhecimento do cumprimento do mandado de prisão, possivelmente Damião Guedes de Oliveira será recambiado para cumprir a pena na Paraíba.





Debate Paraíba