• Áliston Meneses

Acusado de matar esposa grávida em Poço de José de Moura-PB é preso em São Paulo



A Polícia Civil de Cajazeiras, através do GTE, juntamente com a polícia Civil de São Paulo, num trabalho de troca de informações, prendeu o elemento Hélio José de Almeida Feitosa, acusado de matar a sua companheira por meio de espancamento Pâmela do Nascimento Bessa, de 28 anos, crime cometido em Poço de José de Moura, fato que gerou grande repercussão em toda região.


O crime contra Pâmela do Nascimento aconteceu em 7 de setembro, quando a jovem foi socorrida ao Hospital de São João do Rio do Peixe com dores de cabeça e vômito, mas não resistiu e faleceu. Ela estava grávida.


No dia em que ocorreu o fato, o companheiro da vítima foi levado até a delegacia. Ele foi liberado após depoimento e negou que houve espancamento. O delegado Glauber Fontes disse que, naquela ocasião, que nenhuma hipótese poderia ser descartada, mas não havia sinais aparentes de que a vítima tinha sido espancada, razão pela qual não o suspeito não foi preso em flagrante. “Ele afirmou em seu depoimento que ela vinha sentindo dores de cabeça e já tinha ido duas vezes ao médico naquele dia”.


Tivemos que aguardar a perícia para saber o que realmente havia acontecido. De posse do laudo pericial, ficou comprovado que havia hematomas pelo corpo da vítima, caracterizando o espancamento. Representamos pela prisão preventiva do suspeito e, de imediato, fomos atendidos pelo Poder Judiciário”, disse o delegado.


Desde então, Hélio José de Almeida Feitosa era um foragido da Justiça.


A prisão foi realizada em Mauá-SP.





Blog do Ângelo Lima


Leia outras notícias em AconteceuPB.com.br . Curta nossa página no Facebook .

Receba nossas atualizações

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2019 Aconteceu PB — Todos os direitos reservados