• Áliston Meneses

25 médicos já morreram de Covid-19 na Paraíba



De 1º de janeiro até o dia 31 de dezembro de 2020, 22 médicos morreram por Covid-19 na Paraíba, de acordo com o Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB). Com as mortes deste sábado, 02 de janeiro de 2021, o número chega a 25 mortes de médicos pela doença no Estado.


Os três profissionais da área médica que foram vítimas da Covid-19 em João Pessoa foram: Antônio Ricélio de Oliveira, Guilherme Augusto Costa Vasconcelos e Oscar de Oliveira faleceram neste sábado (2) devido a complicações da doença causada pelo novo coronavírus.


O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) e o Sindicato dos Médicos da Paraíba (Simed-PB) divulgaram notas de pesar pelo falecimento de Antônio Ricélio de Oliveira e Guilherme Augusto Costa Vasconcelos.


O ginecologista e obstetra Antônio Ricélio de Oliveira tinha 69 anos, e exercia a medicina em Sousa, no Sertão paraibano. Era casado com Santa Oliveira, ex-prefeita de Vieirópolis, que também morreu de Covid-19, no dia 25 de novembro, aos 66 anos. Os dois foram internados na mesma época, no início de novembro, no Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa.


Ricélio e Santa Oliveira eram pais do médico José Rodolfo Nóbrega Oliveira, do advogado e vereador Antônio Adelino de Oliveira Neto e da odontóloga Patrícia Gabriella Nóbrega Oliveira Medeiros.

O médico Guilherme Augusto Costa Vasconcelos também faleceu de Covid-19 nesse sábado (2), em João Pessoa. Ele estava internado no Hospital Nossa Senhora das Neves, na capital.


Guilherme Augusto tinha 40 anos, e atuava na Estratégia de Saúde da Família no município de Santa Rita, Região Metropolitana de João Pessoa.


E também faleceu no último sábado (2) o médico Oscar de Oliveira. O profissional atuava na unidade do Programa de Saúde da Família (PSF) no bairro do José Américo, em João Pessoa.


Portal 40 Graus


Leia outras notícias em AconteceuPB.com.br . Curta nossa página no Facebook.