• Áliston Meneses

21 detentos e 7 agentes penais já foram infectados pela Covid-19 no Presídio de Patos


A Penitenciária de Segurança Máxima Procurador Romero Nóbrega, em Patos, tornou-se o epicentro da pandemia no sistema penitenciário da Paraíba. 21 detentos já foram contaminados pela Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.


Além destes, outros sete servidores (policiais penais) e duas servidoras da equipe de saúde que trabalham na referida Penitenciária, também testaram positivo para Covid.


Destes, 19 detentos que foram transferidos para Penitenciária de Segurança Média Hitler Cantalice, em João Pessoa, segundo Plano de Contingência da Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP), já retornaram após tratamento médico.


As duas servidoras da saúde também já retornaram ao trabalho, segundo informações recebidas pelo Portal 40 Graus. Os demais agentes retornam essa semana ao trabalho.


“Desde o primeiro caso intensificamos as ações de combate à Covid-19 e estamos sempre realizando novos testes. Isso faz com que percebamos que as medidas adotadas pela Secretaria de Administração Penitenciária estão alcançando nosso objetivo, que é conter a propagação do vírus. Afinal, o número de casos descartados supera a quantidade de reeducandos que testaram positivo”, destaca o secretário da pasta Sérgio Fonseca.


Portal 40 Graus